O objetivo deste blog é partilhar ideias sobre organização e decoração da casa, dicas de limpeza e sugestões de roteiros a visitar para desfrutar de bons momentos em família.
Março 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
30
31
arquivos
15
Mar
16

mitos-e-verdades-sobre-alimentos-congelados.jpg

 

 

Vegetais e frutas ricos em água

Só deve congelar estes tipo de vegetais e frutas (melancia, pepino, batatas, maçãs, entre outros) se for para colocar em seguida numa misturadora ou liquidificadora. É que estas frutas e vegetais perdem a textura quando são descongelados.

Carne já descongelada

Quando descongela à temperatura ambiente, a carne começa a desenvolver microrganismos que só o calor pode destruir. Assim a carne tem que ser cozinhada. Se voltar a congelá-la ainda crua corre o risco desses organismos se desenvolverem dentro do congelador.

Massa cozinhada

Ao congelar a massa já cozida está também a congelar as partículas de água da massa. O resultado, quando descongelada, é uma pasta mole, ensopada e sem graça.

Grãos de café ou café em pó

As temperaturas baixas secam o café. Em vez de o congelar, guarde-o num local fresco, escuro e numa caixa bem fechada. Desta forma os grãos de café podem durar até um ano e em pó alguns meses.

Comida enlatada

Este tipo de comida é feita para durar muito tempo na despensa e não precisa de ser congelada. Se por acaso sobrar uma parte que queira aproveitar, tire-a da lata e guarde-a numa caixa ou saco de congelação.

Ovos com casca

No congelador a matéria que constitui o ovo expande-se e pode fazer com que a casca estale, deixando entrar bactérias ou qualquer tipo de sujidade.

Iogurtes ou outros lacticínios

Quando congelados, separam-se ou, como se diz na gíria culinária, “deslaçam”. Guarde estes alimentos no frigorífico e mantenha-os longe do congelador.

Queijos moles

Não tente congelar aquele maravilhoso queijo da Serra que lhe ofereceram, nem o chévre que sobrou do jantar de amigos. Guarde-os no frigorífico.

Molhos que levem farinha ou amido de milho

Este tipo de molhos separam-se quando congelados e pode ser difícil, depois de descongelados, voltar à consistência original.

Gelado derretido

Pôs-se na conversa e o gelado que sobrou estava líquido? Acontece a todos. Mas não o volte a congelar porque só ficará com uma pasta pegajosa e sem graça. Faça um batido, por exemplo.

Refeições que já foram aquecidas

Mais uma vez devemos alertá-lo para os microrganismos que se podem formar num alimento que já foi congelado cozinhado e depois aquecido. Guarde as sobras no frigorífico e consuma-as no prazo de um dia ou dois.

publicado por Sara às 09:02
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
é muito confortável ! thanks for a nota, eu vou se...
Se eu tivesse jeito para trabalhos manuais...
Boa!
Que giro!
Vou recomendar ao meu filho, para ensinar o Martim...
Fico feliz por terem gostado do meu livro.Votos de...
Quem dera ter um cantinho desses cá em casa!
Que giro!
A minha cozinha está decorada assim!
que giro!
blogs SAPO